mamografia

O exame de mamografia digital é fundamentalmente um estudo radiográfico das mamas.

 

Faz parte dos exames de rastreamento do Câncer de Mama, permitindo um diagnóstico mais precoce, sendo utilizada no diagnóstico inicial também de outras patologias, tanto em mulheres quanto em homens.

Mulheres com implantes de silicone podem realizar o exame mamográfico, sendo acrescentadas apenas algumas manobras adicionais.

Agendamento necessário?
SIM

Jejum / Restrição:
Jejum não é necessário.

Orientações:


- Fundamental trazer exames anteriores da região a ser estudada (Mamografia, Ultrassonografia e Ressonância Magnética, bem como resultado de exames de punção, também chamada PAAF).
- Não fazer uso de creme, desodorante ou talco no dia do exame.
- Evitar a semana pré-menstrual.

Como é feita a mamografia:


O exame de rastreamento é realizado com duas incidências básicas (que se assemelham grosseiramente com o exame de Raio-x de tórax, onde se faz uma imagem de frente e outra de lado), englobando a maior parte das mamas.

Cada mama é individualmente posicionada e comprimida no aparelho de mamografia, sendo então realizadas as imagens com uso do Raio-x.
Não é incomum que sejam necessárias outras imagens mais específicas de uma ou das duas mamas, para melhor avaliação de algumas alterações, e que apesar de causarem transtorno e ansiedade permitem diagnóstico mais precoce do câncer.

É um exame rápido e não precisa de jejum.

Por que durante o exame de mamografia é necessário compressão das mamas?


Apesar de incômodo, a compressão mamária é importante por diversas razões, sendo as principais:

- fixa a mama, impedindo que movimentos prejudiquem a avaliação da imagem

- separa as estruturas da mama, o que ajuda na visualização de anormalidades

- reduz a espessura da mama, permitindo que menos radiação seja necessária para produzir imagens de qualidade.

A detecção precoce é a chave para o tratamento bem-sucedido
©2018. Todos os direitos reservados.